terça-feira, 17 de novembro de 2015

Arronches – Habitantes queixam-se dos excessos do “botellón” no Jardim do Fosso

O “botellón” consiste numa prática que começou nos anos 90, com a reunião massiva de jovens entre os 12 e 25 anos fundamentalmente, para consumir grandes quantidades de bebidas alcoólicas adquiridas previamente em comércios, evitando desta forma o preço elevado das bebidas em cafés e bares.

Este tipo de convívio muito estendido por zonas raianas de ambos os lados da fronteira, teve origem em Espanha, e que por norma junta grupos de jovens em praças e jardins para consumir e partilhar bebidas alcoólicas e escutar música, acaba por causar queixas dos residentes da zona, quer por excesso de ruído, maus cheiros ou lixo abandonado no local do “botellón”.  

Nesta matéria conhecida por “botellón”, Arronches não é excepção, como se pode constatar pelas fotos e testemunho deixado numa rede social por um residente no passado fim de semana.

 “Hoje fui com a minha criançada apanhar sol ao jardim da santa terrinha (Jardim do Fosso), quando nos deparamos com uma lixeira mesmo no sítio onde é costume as crianças irem andar de patins, bicicleta e jogarem a bola! É uma pena que usem e abusem do espaço!
Pra próximas não deixem lixo espalhado pelo jardim, não esqueçam que é um espaço público e é usado por crianças de todas as idades!”


1 comentário:

  1. e é só no jardim do fosso????? e a rua direita????? e o largo da restauração?????

    ResponderEliminar