sexta-feira, 21 de julho de 2017

Morre mais um Lince ibérico atropelado na província de Badajoz


Um cachorro de lince ibérico, com cerca de 4 meses de idade, foi atropelado ao inicio da manhã do passado dia 19 de julho,  na carretera EX-103, no Valle del Matachel.

O lince foi encontrado morto na referida via, e recolhido pelos serviços da “Consejería de Medio Ambiente y Rural, Políticas Agrarias y Territorio”, e transportado para o “Centro de Recuperación de Fauna de Sierra de Fuentes”, local onde praticada a autópsia.

Lince Ibérico (Lynx pardinus) é a espécie de felino mais ameaçado do Mundo:

Com uma área de distribuição histórica extremamente reduzida e fragmentada, ocupando apenas áreas de Portugal e Espanha, esta espécie encontra-se classificada como o carnívoro mais ameaçado na Europa e o felino mais ameaçado no Mundo, tendo sido recentemente classificado pela União Internacional de Conservação da Natureza (UICN) como criticamente ameaçado. 

Actualmente só está confirmada a existência de duas populações reprodutoras (Doñana e Andujár-Cardeña no extremo Oriental da Serra Morena), e o último censo indica que os efectivos totais se situarão abaixo dos 150 indivíduos adultos. Estas duas populações estão isoladas entre si o que ainda as torna mais vulneráveis. Os efectivos actuais não são suficientes para a sua sobrevivência a longo prazo e os especialistas concordam que se encontra no limiar da extinção.

Em Portugal os territórios de distribuição histórica da espécie, são: Sítio de Rede Natura de Monchique; Sítio de Rede Natura do Caldeirão; Parque Natural do Vale do Guadiana; Sítio de Rede Natura de Moura/Barrancos e Parque Natural Serra da Malcata.
Fonte: WWF

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Alegrete - Banda Filarmónica da Sociedade Recreativa Musical Alegretense celebra 150 anos de existência ao serviço da comunidade


A Banda Filarmónica da Sociedade Recreativa Musical Alegretense, celebra 150 anos de existência ao serviço da cultura e da comunidade.

A comemoração tem lugar na próxima sexta-feira, com um concerto pela Orquestra Ligeira do Exército, a ter lugar no Largo da Praça, em Alegrete, e vão decorrer até ao final de 2017, com diversas actividades.

A banda alegretense foi fundada a 7 de maio de 1867, mas comemora o seu aniversário a 8 de dezembro, por ser esta a data em a banda atuou publicamente pela primeira vez em Alegrete.

Veja em anexo programa das atividades.

Foto: Emílio Moitas 



Arronches - Programa de verão “Crescer +” com Inscrições abertas


O Município de Arronches inicia na próxima segunda-feira, dia 24 de julho, mais uma edição do programa de verão “Crescer +”, destinado a jovens com idades compreendidas entre 12 e os 18 anos, numa parceria entre o Município, o Agrupamento de Escolas e a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens.

O programa visa a ocupação dos jovens no período de transição entre anos lectivos do calendário escolar e conta com diversas actividades, lúdicas, desportivas e educativas que têm como objectivo preparar os adolescentes para o seu futuro.

O programa “Crescer +” realiza-se de 24 de julho a 31 de agosto e as inscrições podem ser efectuadas no Gabinete de Acção Social da Câmara Municipal de Arronches.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Mosteiros - Festa em Honra de Nossa Senhora da Graça de 20 a 26 de julho

A freguesia de Mosteiros volta a reviver as festas em honra da sua padroeira, Nossa Senhora da Graça, que vão ter lugar entre os dias 20 e 26 de julho.

Como vem sendo hábito o certame tem início com uma largada de touros noturna, com touros da ganadaria Irmãos Serpa, seguindo-se mais 3 largadas, que terão início às 21H30 dos dias 20, 21, 25 e 26.

Outro dos momentos altos destes festejos acontecem no domingo, dia 23, pela manhã, com o desfile da Banda Recreativa Alegretense, seguida de procissão em honra de Nossa Senhora da Graça pelas ruas da freguesia, bailes e provas desportivas são outro dos atractivos da festa.

As festas em honra de Nossa Senhora da Graça, têm organização do Futebol Clube Mosteirense e apoio da Câmara Municipal de Arronches e Juntas de Freguesia de Mosteiros, Assunção e Esperança.
Fotos: Emílio Moitas 




segunda-feira, 17 de julho de 2017

Arronches – Desconhecidos assaltaram farmácia de Esperança durante a noite

Uma farmácia situada na rua de Arronches, na freguesia raiana de Esperança, no concelho de Arronches, foi assaltada na noite do passado domingo, dia 16 de julho, pouco passava das 00h30 da noite, quando quatro desconhecidos chegaram de carro e arrombaram a porta da farmácia.

Segundo fonte, que solicitou o anonimato, o assalto que foi observado por moradores da zona, e foi efetuado nas calmas, com os assaltantes, que se faziam transportar numa viatura de matrícula espanhola, a forçarem a porta e a entrarem na farmácia.  

Consumado o assalto que teve como objectivo principal a caixa registadora, na qual consta que existia uma quantia inferior a 100 euros, os assaltantes puseram-se em fuga em direcção a Espanha, tento deixado para trás um prejuízo superior ao montante conseguido no roubo.

Alertadas as autoridades as mesmas á sua chegada ao local, já não encontraram os assaltantes, prosseguindo no entanto a investigação.

De referir que este é já o segundo assalto a esta farmácia, dado que em 25 de setembro de 2009, um casal de assaltantes portugueses, armados com uma arma de canos cerrados assaltaram esta farmácia e acabaram detidos em Badajoz pela Guardia Civil, depois de uma perseguição pela cidade ao puro estilo de "Bonnie and Clyde", fazendo lembrar uma cena típica de Hollywood.
Fotos: Emílio Moitas / Hoy Badajoz/Arquivo 



sexta-feira, 14 de julho de 2017

Alegrete - Feira de Artesanato e Gastronomia este fim-de-semana



A vizinha localidade de Alegrete, concelho de Portalegre, vai estar em festa este fim-de-semana com a Feira de Artesanato e Gastronomia (FAG 2017).

O evento, tem por objectivo dinamizar Alegrete, sendo promovido pela Junta de Freguesia de Alegrete em colaboração com as várias associações.

Artesanato, tasquinhas com petiscos regionais e animação musical são alguns dos componentes desta Feira de Artesanato e Gastronomia que espera acolher muitos visitantes entre esta sexta feira dia 14 de e domingo dia 16 de julho.

Concertos com a Banda Alegretense, Trupe Euterpe, ou atuações do Grupo de Concertinas da Sertã, Bombos de Nisa, Cauda da Tesoura, são apenas alguns dos grupos musicais que vão passar pela (FAG 2017).

No domingo, grande destaque vai para a projeção da gala da “RTP 7 das Maravilhas de Portugal - Aldeias Rurais”, em que Alegrete é pré – finalista.


A feira é inaugurada esta sexta-feira dia 14 de julho, pelas 19h00.
Foto: Emílio Moitas

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Portalegre – Corrupção levou à condenação de civis e militares da GNR


O Tribunal de Portalegre, condenou esta quinta-feira dia 13 de julho, 17 dos 18 arguidos, entre militares da GNR e civis, num caso de corrupção que escandalizou a cidade.

Neste processo, que envolveu quatro militares da Guarda e catorze civis, estava em causa a acusação por crimes de corrupção, recebimento indevido de vantagens, abuso de poder e fraude fiscal.

Militares de Portalegre estavam acusados de corrupção, recebimento indevido de vantagem, abuso de poder e fraude fiscal, com dois militares da GNR, incluindo um tenente-coronel, a penas de prisão efetiva de oito e sete anos e outros dois e 13 civis a penas suspensas.

Os quatro militares da guarda e os 14 civis arguidos no processo, um dos quais foi absolvido, estavam acusados pelo Ministério Público de corrupção, recebimento indevido de vantagem, abuso de poder e fraude fiscal.

Dos quatro militares arguidos, dois estavam em prisão preventiva, segundo a Lusa: o tenente-coronel Jorge Ferrão, que hoje foi condenado a oito anos de prisão efetiva, e o cabo da GNR no Posto Fiscal de Elvas Joaquim Santos, condenado a sete anos de prisão efetiva.

O militar do destacamento de trânsito da GNR de Portalegre Joaquim Camilo, que esteve detido preventivamente e libertado em fevereiro deste ano, foi condenado pelo tribunal à pena única de três anos e seis meses de prisão, suspensa na sua execução pelo mesmo período de tempo e subordinada ao dever entregar, no prazo de 90 dias, a quantia de 1.500 euros a uma instituição de solidariedade.

Renato Freire, também militar do destacamento de trânsito da GNR em Portalegre foi condenado na pena de um ano e quatro meses de prisão, suspensa na sua execução pelo mesmo período de tempo e terá de entregar, no prazo de 90 dias, 750 euros a uma instituição de solidariedade.

O empresário António Louro, o único dos 14 arguidos civis que esteve detido no âmbito deste processo, foi condenado à pena única de quatro anos e seis meses de prisão, suspensa na sua execução por período idêntico, devendo entregar no espaço de 90 dias a quantia de 4.000 euros a uma instituição de solidariedade.

Foto: Emílio Moitas /fonte TVI24