terça-feira, 17 de outubro de 2017

Arronches - Caíram três pingos de chuva e EDP regista sucessivos cortes de energia

Com os primeiros três pingos de chuva, agora caídos em Arronches ao final desta madrugada de 17 de outubro, o serviço da EDP voltou a surpreendeu os residentes do Centro Histórico de Arronches e arredores com sucessivos cortes de energia eléctrica que se prolongaram até cerca das 09h00.

Uma situação que causou transtornos e danos em equipamentos eléctricos.

Questionados sobre esta situação os serviços técnicos da EDP, pela linha 800 506 506,alegaram que esta situação teve origem na instabilidade atmosférica regista na região com chuva e trovoada.  

domingo, 15 de outubro de 2017

Bombeiros de Arronches combatem fogo no concelho de Seia


Cerca de 150 operacionais, entre os quais os Bombeiros Voluntários de Arronches, com uma viatura VTTU, e dois operacionais, integrados do Grupo 1 de Portalegre, estão a combater um fogo que deflagrou este domingo dia 15 de outubro, no concelho de Seia, no distrito da Guarda, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

De acordo com a página na Internet da ANPC, atualizada às 10h10, o incêndio começou às 06h03 numa zona de mato na freguesia do Sabugueiro e está a ser combatido por 146 operacionais, apoiados por 41 viaturas e um meio aéreo.

Um incêndio que continua incontrolável ainda durante a madrugada de segunda-feira dia 16 de outubro, há informação de diversas casas ardidas nesta zona, inclusive uma creche de crianças, assim como bombeiros feridos.
Emílio Moitas/Global News





Arronches – Glamour e muitas caras bonitas na noite de apresentação dos pilotos arronchenses presentes na Baja Portalegre 500


A prova rainha do todo o terreno (31ª Baja Portalegre) que vai acontecer entre os dias 26 e 28 de outubro de 2017, na região de Portalegre, foi recebida em festa no “Bar o Fosso”, em Arronches, na noite do passado sábado dia 14 de outubro, com a apresentação dos pilotos arronchenses e amigos: Ricardo Porto Nunes, Luís Gabe Faustino, Nelson Velez, Manuel Marques, Bernardo Filipe, Paulo Freire e Vitor Caeiro.

Uma noite excelente com temperatura de verão, que foi animada com o DJ Nuno Nunes e música ao vivo com Filipe Florêncio, onde faltou glamour, caras bonitas, muita cerveja e boa música até bem entrada a madrugada no Jardim do Fosso.

A 31ª edição da Baja de Portalegre 500, decorre em Portalegre, entre os dias 26 e 28 de outubro de 2017.
Fotos: Emílio Moitas/Global News 












sábado, 14 de outubro de 2017

Arronches – Nuno Costa renuncia ao cargo de Comandante dos Bombeiros Voluntários

Na sequência da reunião realizada na passada quinta-feira, dia 12 de outubro, no quartel dos Bombeiros Voluntários de Arronches, Nuno Costa, informou que vai renunciar ao Cargo de Comandante dos Bombeiros Voluntários de Arronches a partir do dia 31 de outubro.

Uma decisão que apanhou de surpresa o contingente da unidade arronchense, bem como a comunidade local por não se vislumbrarem sinais evidentes que esta tomada de posição pudesse vir a acontecer.

Em comunicado Nuno Costa, dá a conhecer aos arronchenses que a sua decisão não tem origem em “desentendimentos, brigas ou confusões, apenas com o esperar uma melhoria contínua para os BVA. Na vida temos que saber quando sair e penso que esta é a minha hora”.


“Exmos. Munícipes de Arronches

É com muita tristeza que hoje comunico a minha decisão de renunciar ao Cargo de Comandante dos Bombeiros Voluntários de Arronches a partir do dia 31 de Outubro.

Quero esclarecer que a minha decisão (de renunciar ao cargo de Comando, pois irei continuar a carreira de Bombeiro Voluntário), não tem a ver com desentendimentos, brigas ou confusões, apenas com o esperar uma melhoria contínua para os BVA. Na vida temos que saber quando sair e penso que esta é a minha hora.

Tal como tenho referido a todos os que me rodeiam saio de coração cheio, com um orgulho imenso pelo cargo que desempenhei e com o sentimento de dever cumprido.
 Não posso deixar de agradecer a quem sempre me apoiou:

- A direção presidida por Paulo Trindade juntamente com o Comandante Marco Vieira que viram em mim a capacidade que este cargo exige. É justo dizer que foram estes elementos que numa altura bastante complicada para os BVA os alavancaram ao caminho da estabilidade.

- A minha chefe Deolinda Pinto, que sempre me facilitou e apoiou fosse nos cursos necessários fosse em qualquer ocorrência.

-A atual direção presidida por João Crespo pelo apoio e forma como trabalhámos e como sempre nos entendemos. Penso que demos o salto para a estabilização financeira e operacional deste CB.
 - Ao Município de Arronches que sempre acedeu às nossas solicitações.

 De todos levo grandes momentos e grande amizade.

Claro que não posso deixar de referir todos os Bombeiros que diariamente trabalhámos e vamos continuar a trabalhar, grandes Homens e Mulheres que merecem todo o respeito e afeto por parte da população.

 Agradecer à minha esposa, pais, irmã e toda a família e amigos pelo apoio e por estarem sempre ali. Enquanto Comandante nasceu o meu filho, mais um grande motivo de orgulho e recordação. Encontrava-me a instruir os novos Bombeiros quando chegou a grande Hora de me dirigir à maior alegria da minha vida. De referir que foi uma decisão pensada desde Abril/Maio, não repentina. Qualquer que fosse a decisão nunca iria tomar uma atitude durante a época que passou, que este ano foi bastante dura e à qual os BVA nunca viraram costas.

Todos podem estar tranquilos pois o trabalho ficou organizado e como é lógico os BVA não vão parar (não é pela morte de uma andorinha que acaba a primavera e esta instituição está acima de qualquer Bombeiro e ou cargo).

Quanto a mim cá estarei sempre disponível enquanto Bombeiro Voluntário a colocar ao serviço da população os conhecimentos adquiridos com profissionalismo e humildade.

 Um Bem Haja a todos.

Nuno Costa”

Fotos: Emílio Moitas 

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

“Violeta” Um espetáculo de teatro/dança este sábado em Campo Maior


“Violeta” é um espetáculo de teatro/dança, que vai ter lugar no próximo sábado dia 14, pelas 21h00, no Centro Cultural de Campo Maior.

“Violeta”, afirma-se como um canto universal e uma homenagem à mulher e à criação, que a Compañia Teatrapo Teatro (companhia profissional com 27 anos de trajetória), produziu em torno da vida e obra de Isadora Duncan.

Sinopsis:
“Dos curiosos descubren el desván donde están guardadas algunas de las antiguas pertenencias de la cantora Violeta Parra. Las arpilleras, instrumentos musicales, tejidos, tallados, muñecos de lana y de trapo, artesanías chilenas que ella recogió o creó, cobran vida para contar la apasionante  vida  de la artista chilena.

Alegoría cargada de picardía, emoción, humor y amor llevada a escena a través de la actuación de la Compañía Zaguán. El teatro de objetos, la sombras, las máscaras, la interpretación y la música cuentan desde el escenario una obra  no que nos muestra la vida, trabajo y trascendencia de la gran folclorista, cantautora y artista plástica chilena Violeta Parra.”

Direcção de Eugenio Amaya e José Fernando Delgado
Textos de Miguel Murillo

Com: María Lama, Ana Rodríguez e J.Carlos Guajardo
Música de Paco Barjola
Coreografias de María Lama
Cenografia de Diego Ramos
Vestuário de Gala González
Criações Vídeo de Nuria Prieto
Iluminação de Fran Cordero
Dramaturgia de José Fernando Delgado 
Ajudante de direcção Jorge Moraga


Bilhetes 3,00€ – À venda no Centro Cultural de Campo Maior

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Alentejo – Seca prolongada ameaça culturas e reserva de água na Barragem do Caia


O Caia a maior albufeira do distrito de Portalegre que em anos normais tem capacidade para armazenar 190 milhões de metros cúbicos de água, apresenta um nível preocupante de armazenamento de água, com menos de 28,2 % da sua capacidade máxima na primeira quinzena de outubro de 2017, com menos de cerca de 35 milhões.

O gestor da Associação de Beneficiários do Caia, Aristides Chinita, revelou recentemente que a falta de precipitação obriga a antecipar para o próximo dia 16 de outubro o encerramento da campanha de rega e a cancelar o fornecimento para as culturas de outono/inverno no perímetro de rega do Caia

Uma situação dramática com a capacidade de armazenamento da albufeira muito baixa, a deixar a descoberto antigas instalações agrícolas e pontes há muitos anos submersas, mas que no entanto garantirá o abastecimento de água às populações servidas pela albufeira para os próximos 3 anos.

A albufeira do Caia serve o abastecimento público de água aos concelhos de Elvas, Campo Maior, Arronches e Monforte.
Fotos: Emílio Moitas/Global News




quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Município de Arronches assinala o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

A Iniciativa pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social, que remonta ao ano de 2010, Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social, tem tido um grande sucesso no alerta para problemáticas relacionadas com a pobreza e a exclusão social.

Em Arronches a data é assinalada no próximo dia 17 de outubro, pelas 15h00, no Jardim do Fosso e consiste na realização de diferentes atividades para relembrar a importância do combate aos flagelos da pobreza e da exclusão.