terça-feira, 13 de novembro de 2018

Fehispor 2018 - Feira de Espanha e Portugal de 15 a 18 de novembro na Ifeba


A 29ª edição da Fehispor - Feira de Espanha e Portugal, a ter lugar em Badajoz na (Ifeba) de 15 a 18, de quinta-feira a domingo, vai mostrar uma exposição de “meccanos “e um vasto espaço de artesanato entre as principais novidades desta edição, para além reunir centenas de marcas de Espanha e Portugal com o objectivo de reforçar as relações económicas entre ambos países.

No decorrer da feira os visitantes poderão visitar centenas de stands com destaque para a participação da Eurocidade entre Badajoz, Elvas e Campo Maior, com zona 'Essências hispano-lusas, com sabores ibéricos local onde se pode saborear e adquirir produtos gastronómicos típicos de ambos países.

A animação será uma constante do evento que conta com a representação do Carnaval de Badajoz e participação de grupos musicais e folclóricos de Elvas e Campo Maior.

A mostra estrela desta edição da Fehispor, vai para a grande exposição, 'Meccanos, la ciencia hecha juguete', que conta com cerca de 80 modelos diferentes entre robots, relógios, linhas de ferro, automóveis, barcos, aviões e atrações de feira.

Para além de uma mostra de artesanato com peças únicas que conta com a participação de artesãos a trabalhar ao vivo, a Fehispor tem ainda um espaço dedicado a Feria de São Mateus de Elvas e a exposição 'Expocactus' , com cerca de 40 espécies de cactos únicas, de diferentes coleccionadores e bastante difíceis de encontrar.

O horário da feira (hora espanhola) - 11h00 a 21h00 horas, com entrada gratuita para idosos e crianças.
Com/ Emílio Moitas / Global News 


domingo, 11 de novembro de 2018

«Não é presunto, é porco morto»

Animalistas manifestam-se frente ao Museu do Jamón em Madrid «Não é presunto, é porco morto».

Nos últimos dias os anti animalistas em Espanha foram surpreendidos e acusam os defensores dos animais de não conhecer limites na defesa dos animais ao manifestarem-se em grande número e de forma ruidosa frente ao famoso "Museo del Jamón de Madrid", para pedir o fim do assassinato de porcos e a abolição deste produto estrela da gastronomia espanhola, onde se inclui o «romântico toucinho, glória de frigoríficos e salgadeiras», louvado por poetas como em sonetos como o dedicado por Nicolás Guillén a Rafael Alberti.

Muitas foram as reacções a esta manifestação nas redes sociais onde se estremam as posições de defensores e consumidores.

“Depois dos touros e o presunto, chegarão as manifestações frente ao frigorífico da sua casa caso tenha a «a mente criminal de ali conservar algum peixe, bifanas, um ovo de galinha do campo ou um tomate»...

Em suma jamón/presunto de Huelva ou das terras alentejanas de Barrancos, esse prazer ou pecado para o paladar e com excelentes propriedades cantado por Lope de Vega :

“Jamón presuto de español marrano
De la sierra famosa de Aracena
Adonde huyó del mundo Arias Montano”
Gloria bendita...

Fotos/ Emílio Moitas 




Mosteiros – Junta de Freguesia promoveu magusto convívio


A Junta de Freguesia de Mosteiros convidou a população a participar no tradicional Magusto de São Martinho, que teve lugar esta tarde de sábado, dia 10 de novembro, a partir das 17h30, nas arcadas da antiga Escola Primária, no Largo do Barulho.

O magusto foi acompanhando para além dos licores com frango na brasa, boa castanha assada da Serra de São Mamede ainda com pão com chouriço oferta da Padaria Estrela.

A animação musical ficou a cargo do conhecido Grupo das Pedrinhas de Arronches.

O evento contou com a participação da população entidades municipais e alguns convidados.
Vídeo no Facebook/Fotos/ Emílio Moitas











sábado, 10 de novembro de 2018

Rádio Portalegre comemorou 29 anos de emissões e recebeu o melhor presente de aniversário


A Rádio Portalegre, “a rádio local mais ouvida no sul do país”, assinalou, na passada sexta-feira, dia 9 de novembro, 29 anos de emissões regulares.

São já 29 anos de história, informação e entretenimento, a pensar nos melhores e mais fiéis ouvintes do mundo.

E recebeu o melhor presente de aniversário com a recente divulgação dos resultados do Bareme Rádio da Marktest, o estudo de referência para o mercado da Rádio em Portugal Continental, em que a estação emissora atingiu uma audiência histórica com 1,3%, recorde nunca antes conquistado no universo de rádios locais a sul do país.

Para os dirigentes desta estação emissora sediada em Portalegre os resultados obtidos pela estação emissora são fruto do “profissionalismo, abnegação, rigor e isenção”, com que os funcionários da Rádio Portalegre desenvolvem todos os dias no seu trabalho.

Atualmente a Rádio Portalegre emite em duas frequências, 100.5 FM para todo o distrito e 104.5 FM em micro cobertura para a cidade de Portalegre e para todo o mundo aqui em www.radioportalegre.pt
Com/ E. Moitas

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Portalegre - Assinala o Dia Europeu do Enoturismo promovendo o vinho dos produtores locais


O Dia Mundial do Enoturismo, que se comemora este domingo, dia 11 de novembro, é assinalado em Portalegre com provas de vinhos em vários espaços culturais da cidade.

O evento, tem organização do Município, e conta com a parceria de vários produtores do concelho.

As actividades vão decorrer no Castelo de Portalegre, Casa Museu José Régio, na Galeria de S. Sebastião, Museu Municipal e ainda no Museu da Tapeçaria.

O evento decorre, no período da manhã, entre as 10h00 e as 12h30 e, no período da tarde, entre as 15h00 e as 16h30, evento de livre participação.
Fotos/Emílio Moitas 


ALENTEJO - XXXV FEIRA DA CASTANHA - FESTA DO CASTANHEIRO DE MARVÃO


O município de Marvão acolhe este fim-de-semana a 35.ª edição, um dos produtos endógenos mais caraterísticos da região: a castanha. A XXXV Feira da Castanha - Festa do Castanheiro decorre nos dias 10 e 11 de novembro, na vila de Marvão, numa homenagem à castanha e à região do Alto Alentejo.

Castanhas assadas, pão de castanha, licor de castanha, doces de castanha (como o pastel que foi criado e registado para produção das doceiras do concelho), e dezenas de pratos que utilizam a castanha de múltiplas maneiras. Está lançado o mote para um fim-de-semana onde se homenageia uma espécie endógena da região, o castanheiro, e o seu fruto, a castanha, um produto DOP do Alto Alentejo.

Neste magnífico evento, reconhecido como o mais autêntico e genuíno do País, as muralhas da vila convidam os visitantes para os quatro tradicionais magustos com a melhor castanha assada e vinho da região, e que se situam nos Largos do Terreiro, de Santa Maria, do Pelourinho e do Espírito Santo.

A Feira da Castanha - Festa do Castanheiro promove também o artesanato e cultura locais, numa montra do mundo rural, onde se pode encontrar o que de melhor se produz no concelho. Para tal, contam com a presença de produtores locais e diversos produtos típicos da região que vão desde os frutos secos aos enchidos, bem como azeite e licores, vinho, queijos, compotas ou doces regionais.

Ao longo deste fim-de-semana, os visitantes podem ainda assistir a diversos espetáculos de animação de rua e música popular portuguesa, com as atuações de Sons do Minho, De Moda em Moda, Andreia Portilho e os marvanenses Cant’Areias, no palco principal instalado no Largo do Terreiro.
A entrada na Feira da Castanha custa um euro e a receita reverte, na sua totalidade, a favor da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Marvão.

Para comodidade de quem visita a 35.ª Feira da Castanha, o Município de Marvão disponibiliza um serviço de transporte coletivo da Rodoviária do Alentejo que irá funcionar regularmente durante os dias do certame. Os pontos de partida vão estar instalados na Portagem, em Santo António das Areias e na Beirã, onde existe estacionamento, e tem um custo de 1,50€ (ida e volta).

Paralelamente a este certame, realiza-se, entre os dias 10 e 25 de novembro, nos restaurantes aderentes do concelho, a Quinzena Gastronómica da Castanha.
Fotos/ Emílio Moitas





quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Campo Maior - Militares da GNR agredidos no decorrer da detenção de dois indivíduos


Três militares da GNR do Posto de Campo Maior foram agredidos esta terça-feira, dia 6 de novembro, durante a detenção de dois indivíduos.

Dois dos militares acabaram por ser levados ao hospital de Santa Luzia em Elvas, dado a gravidade dos ferimentos apresentados.

Ainda de acordo com a informação do site local "Campomaiornews", os indivíduos detidos, foram identificados no posto de Campo Maior, e acabaram por sair em liberdade após os contactos estabelecidos com as autoridades judiciais.

Para já são desconhecidas as causas que motivaram a detenção dos dois indivíduos e que deram origem aos tumultos que se registaram e que levaram à intervenção de militares da GNR de Elvas.

Foto/ Arquivo / E. Moitas